COMO CHEGAR
 Atrativos Turísticos
 Equipamentos de voo
 Escola de Voo
 Esportes de Aventura
 Eventos
 Galeria de Fotos
 Galeria de Videos
 Lojas Fora do Ar
 Meteorologia
 Pousadas
 Rampas de Voo do ES
 Reportagens
 Sobre Alfredo Chaves
 Voo Duplo
Busca:
 
Vem aí o Vale da Aventura

16 A TRIBUNA - VITÓRIA-ES - DOMINGO - 09/09/2007

Alfredo Chaves está criando duas rotas turísticas com rampas de vôo livre, trilhas e cachoeiras.

 

ALEXANDRE DAMAZIO

ALFREDO CHAVES

Quem gosta de esportes radicais já pode incluir na agenda duas novas rotas de aventura, que vão reunir o máximo de adrenalina e contato com a natureza a partir do próximo mês em Alfredo Chaves. O Circuito Caminho das Águas e o Vale da Aventura, que incluem uma série de cachoeiras, rampas de vôo livre, trilhas, corredeiras e paredões verticais de pedra em cenários de Mata Atlântica, devem ser abertos oficialmente no final de outubro, oferecendo roteiros de lazer em plena montanha capixaba. Os dois roteiros de aventura em Alfredo Chaves já são conhecidos no Estado, mas não contavam com infra-estrutura de apoio para recepcionar o visitante. A idéia de um grupo de 35 empresários de diversos setores e da Secretaria de Turismo de Alfredo Chaves é juntar aventura, lazer, boa comida e o bucolismo das montanhas, atraindo um número maior de visitantes.

 

 

CAPACITAÇÃO

Para isso, o grupo está se capacitando junto ao Sebrae e reunindo profissionais treinados para oferecer turismo radical com segurança. Nos 20 quilômetros do Vale Wagner e Fabiana aprovaram o Circuito das Águas da Aventura três instrutores e três escolas especializadas em vôo livre já estão aptas para treinar o aventureiro que queira aprender a voar de parapente. O curso dura de dois a cinco meses e custa em média R$ 1,5 mil. Depois de uma média de 20 saltos, o esportista faz uma prova prática e pode se tornar um piloto profissional, com carteirinha oficial da Federação Nacional de Vôo Livre. Quem não tem a pretensão de aprender a voar pode procurar uma das escolas do Circuito da Aventura de Alfredo Chaves, pagar cerca de R$ 100,00 e fazer um vôo duplo, com toda a segurança oferecida pelos Instrutores e pelo equipamento. As novas rotas vão contar com dois postos de atendimento ao visitante. Nos locais será possível encontrar panfletos e mapas informativos com o detalhamento das rotas turísticas. Os dois postos vão contar também com lanchonete e guias treinados para oferecer informações diversas sobre hotéis, pousadas, restaurantes, escolas de vôo e locais mais apropriados para cada tipo de aventureiro. O número de empreendedores em cada uma das rotas ainda está em definição. Aventureiros fazem rapel em cachoeira de Alfredo Chaves

 

 

 

Museu e feira de artesanato

Outra iniciativa em conjunto entre a prefeitura e a comunidade para alavancar o turismo em Alfredo Chaves será a recuperação da memória da imigração ita-liana e alemã na região, que ocorreu a partir de 1850. O objetivo é montar um centro cultural com objetos, utensílios, livros, escritos, roupas e documentos históricos, que contam um pouco da longa viagem dos imigrantes e sua saga para ocupar uma terra desconhecida. O museu deve compor o pacote de investimentos e obras de revitalização do turismo no município, que deve investir neste primeiro momento algo em torno de R$ 500 mil entre projetos e infra-estrutura. Já uma feira de artesanato e culinária deve incrementar as sextas-feiras da sede de Alfredo Chaves. Os produtos do agroturismo local serão expostos pelo próprio produtor ao lado dos pratos típicos da região de montanhas. Uma série de shows com artistas locais devem agitar as noites. Vista de Alfredo Chaves: região favorece o eco-turismo

 

 

 

Adrenalina nas águas

Para quem preferir as águas frias das cachoeiras, quedas e rios de Alfredo Chaves, o local certo são os 30 quilômetros de adrenalina do Circuito das Águas. Partindo do centro do município, o turista vai percorrer a pé, de motocicleta ou de bicicleta um roteiro que inclui a famosa Cachoeira de Matilde, as maravilhas da localidade de Carolina e as quedas d’água de São Marcos e São Sebastião. A idéia é oferecer ao visitante um percurso que possa ser explorado pela água, pelo ar e por terra. Pela água o praticante de esportes de aventura ou o turista comum poderá descer de bóia-cross, caiaque, tirolesa ou com cordas, por meio do rapel. Mas o município não é apenas rota de quem procura aventura. Em busca de sossego para curtir a lua de mel, o casal Wagner e Fabiana Christo escolheu a pousada Vale das Cachoeiras, em Carolina, zona rural de Alfredo Chaves. Eles aprovaram o Circuito das Águas. “Somos de Vila Velha e queríamos fazer um passeio por perto da Grande Vitória, mas sem abrir mão do verde e da tranqüilidade das montanhas”, contou Fabiana. Casas são transformadas em pousadas Pioneiro na prática de vôo livre em Alfredo Chaves, o secretário de Turismo do município, Rodolpho Cavalini, é um dos idealizadores das duas rotas, apostando na vocação natural do município. Segundo Cavalini, os esportes radicais ou de aventura reúnem todos os meses cerca de 400 praticantes em Alfredo Chaves e a idéia e aumentar a quantidade de visitantes. Para isso, moradores do município estão transformando suas casas em pousadas. Para a empresária Ademildes Brunoro, a implantação das novas rotas turísticas em Alfredo Chaves vai ser o combustível que faltava para seu empreendimento decolar de vez. A pousada Recanto das Ilhas, a três quilômetros do centro de Alfredo Chaves e instalada estrategicamente entre as duas rotas, é um casarão transformado em hotel. Ademildes e o marido Tito, pequenos proprietários rurais que desistiram da terra, in-vestiram há dois anos na re-forma e ampliação da casa onde moravam, transformando o espaço numa pousada com 14 quartos. Hoje o espaço é disputado nos feriados e finais de semana.

 (27) 3269-1440/ 3269-1247.

ALEXANDRE DAMÁZIO



 
Destaques

No Ar
Voo Duplo de Parapente - Liberdade total

Na Pedra
Não sou calango, mas...

Na Água
Para quem não tem medo de se molhar

Na Terra
Caminhada Ecológica - Aproveite a paisagem!


Newsletter




Enquete
Qual aventura você gostaria de fazer?
Voo duplo
Rapel
Bóia Cross
Ecopasseio
Kaiake

  








Avenida Getulio Vargas, s/n - Centro, Alfredo Chaves-ES - 29240-000 :: (27) 3269-1345 | (27) 9981-6751