COMO CHEGAR
 Atrativos Turísticos
 Equipamentos de voo
 Escola de Voo
 Esportes de Aventura
 Eventos
 Galeria de Fotos
 Galeria de Videos
 Lojas Fora do Ar
 Meteorologia
 Pousadas
 Rampas de Voo do ES
 Reportagens
 Sobre Alfredo Chaves
 Voo Duplo
Busca:
 
Dicas - NUVENS

As nuvens estão divididas em 4 grandes grupos. Cada grupo depende em que altura se encontram as bases das mesmas.


NUVENS ALTAS

O grupo de nuvens altas consiste de nuvens Cirrus, Cirrostratus, e Cirrocumulus. o prefixo CIRRO significa "alto". As nuvens altas consistem

principalmente de cristais de gelo devido ao ar frio da atmosfera superior. A base destas nuvens só pode ser encontrada entre os 6.000 e 18.000 metros nos trópicos, entre os 5.000 e 13.000 metros nas latitudes médias e entre os 3.000 e 8.000 metros nas regiões polares.

 

CIRRUS

Os Cirrus são as nuvens mais comuns do grupo de nuvens altas (5.000-13.000). São compostas totalmente de gelo.

a longitude de seus longos véus se deve principalmente ao vento. Na troposfera os ventos são muito fortes e vão do oeste à leste (no hemisfério norte). Os ventos são tão fortes nestas altitudes que alongam as estruturas de cristais de gelo formando os véus. Os cirrus são normalmente brancos e predizem um bom tempo.

 

 

 

CIRRUSTRATUS

Os Cirrostratus (símbolo Cs) consistem de cristais de gelo e pertencem ao grupo de nuvens altas (5.000-13.000 metros). São nuvens com aparência de folhas finas que normalmente cobrem o céu todo.

O sol ou a lua podem brilhar as atravessando-as, como na foto. Podem ser tão suaves que as vezes pode-se ver  um alo ao redor do sol ou da lua, delatando sua presença. Este alo se forma pela reflexão dos cristais de gelo da nuvem na luz.

Os Cirrostratus aparacem normalmente umas 12 ou 24 horas antes da chuva ou da neve. Sobre tudo se tem nuvens médias associadas. Para distinguir um Cirrostratus de um Altostratus é possível olhando as sombras no solo: se se vêem as sombras, as nuvens são Cirrostratus.

 

CIRROCUMULUS

Os Cirrocumulus (símbolo Cc) se compõe principalmente de cristais de gelo e pertencem ao grupo das nuvens altas (5.000-13.000 metros). Parecem pequenas bolas de algodão que usualmente se alinham em longas fileiras.
Os Cirrocumulus são normalmente brancos, porém as vezes parecem cinzas com a foto.

Se estas nuvens cobrem a maior parte do céu, se pode chamar de céu de escamas ou céu ladrilhado.

Os Cirrocumulos aparecem normalmente no inverno e indicam tempo bom, porém frio.

 


NUVENS MÉDIAS

O grupo de nuvens medias é composto por nuvens altostratus e altocumulus. O prefixo ALTO, significa mádio. As nuvens médias consistem de cristais de gelo e gotas de água. A base destas nuvens se encontra entre 2.000 e 8.000 metros nos trópicos, entre 2.000 e 7.000 metros nas latitudes médias e entre 2.000 e 4.000 metros nas regiões polares.

 

ALTOSTRATUS

Os Altostratus (símbolo As) se compõe de água e alguns cristais de gelo. Pertencem ao grupo de nuvens medias (2.000-7.000 metros).

Um Altostratus habitualmente cobre o céu completamente e tem uma cor acinzentada ou azulada. O sol ou a lua podem brilhar entre os altostratus, porém verão algo leitoso como na foto.

Um Altostratus normalmente se forma na frente de tempestades com chuva ou neves contínuas. Ocasionalmente, a chuva pode partir de um Altostratus, e se esta chega ao solo, a nuvem pode se classificar Nimbostratus.

 

ALTOCUMULUS

Os Altocumulus (símbolo Ac), se compõe principalmente de água líquida e possuem uma espessura de cerca de 1 Km.

Pertencem ao grupo de nuvens médias (2.000-7.000 metros). São brancas acinzentadas com algumas partes das nuvens mais escuras que outras. Os altocumulos normalmente se formam em grupos.

Se aparecerem Altocumulus em uma manhã úmida, isto pode indicar uma tarde com tempestades.

 

 


NUVENS BAIXAS

O grupo de nuvens baixas se compões de nuvens Stratus, Stratocumulus e Nimbostratus. As nuvens baixas consistem de gotas de água. Sua base se pode encontrar desde a superfície até os 2.000 metros.

 

STRATUS

Os Stratus (símbolo St) se compõe de gotas de água e pertencem ao grupo de nuvens baixas (desde a superfície até os 2.000 metros).

São uniformemente cinzas podem cobrir todo o céu.

A luz neblinosa pode associar-se ao Stratus.

 

STRATOCUMULOS

Os Stratocumulus (símbolo Sc) se compõe de gotas de água e pertencem ao grupo de nuvens baixas (desde a superfície até os 2.000 metros). 

Estas nuvens são baixas, rugosas e cinzas.

Podem formar fileiras com pedaços de céu azul visível entre elas. As precipitações ocorrem raramente com os Stratocumulus. Para distinguir um Stratocumulos de um Altocumulus, aponte com a mão em direção a nuvem e se a nuvem tiver o tamanho aproximado de um punho, será um Stratocumulus. 

 

NIMBOSTRATUS

Os Nimbostratus (símbolo Ns) se compõe de gotas de água e pertencem ao grupo de nuvens baixas (desde a superfície até os 2.000 metros).

O termo "Nimbo" significa chuva. São cinzas escuras com a base rasgada. As nuvens Nimbostratus são associadas a chuvas suaves e contínuas.

 


NÚVENS DE FORMAÇÕES VERTICAIS

As nuvens com desenvolvimento vertical são os Cumulos e os Cumulosnimbus. As nuvens com desenvolvimento vertical atravessam todos os níveis da troposfera e podem inclusive entrarem na estratosfera. Se desenvolvem mediante ao ar quente da superfície que se eleva. Os Cumulos e os Cumulosnimbus, produzem os fenômenos atmosféricos mais interessantes e radicais do planeta.

Seu desenvolvimento pode alcançar 12.000 metros nos trópicos

 

CUMULOS

Os Cumulus (símbolo Cu) pertencem ao grupo de nuvens com desenvolvimento vertical, são brancas ou ligeiramente cinzas, parecendo enormes bolas de algodão flutuando. Os cumulos possuem bordas bem definidas e base plana. Os cumulos podem estar associados ao bom ou ao mau tempo. Os cumulos Humilis normalmente chovem em dias quentes de verão. Estas nuvens possuem desenvolvimento vertical suave e se misturam com pedaços de céu azul.

Os cumulos congestus podem produzir o mau tempo se desenvolvendo até grandes altitudes, convertendo-se as vezes em Cumulosnimbus. Tem suas zonas mais altas em forma de couve flor e podem produzir chuvas suaves ou fortes.

 

 

CUMULOSNIMBUS

Os Cumulosnimbus pertencem ao grupo de nuvens de desenvolvimento vertical. Habitualmente se conhecem por serem nuvens de tempestade.

Um Cumulosnimbus pode crescer até a tropopausa. Nesta altura os ventos fortes barram seu limite superior, formando seu clássico formato de bigorna.

Os Cumulosnimbus, estão associados a ventos fortes, fortes chuvas, neves relâmpagos e trovões.



 
Destaques

No Ar
Voo Duplo de Parapente - Liberdade total

Na Pedra
Não sou calango, mas...

Na Água
Para quem não tem medo de se molhar

Na Terra
Caminhada Ecológica - Aproveite a paisagem!


Newsletter




Enquete
Qual aventura você gostaria de fazer?
Voo duplo
Rapel
Bóia Cross
Ecopasseio
Kaiake

  








Avenida Getulio Vargas, s/n - Centro, Alfredo Chaves-ES - 29240-000 :: (27) 3269-1345 | (27) 9981-6751